FAP - Faculdade Paraibana

Como acessar

Regulamento do Laboratório de Informática

O Laboratório oferece espaço e equipamento de informática para as atividades de ensino e pesquisa.
A Faculdade e Setores da FAP podem requisitar a reserva do Laboratório para palestras e outras atividades acadêmicas através do AGENDAMENTO junto ao inspetor de alunos, que está incumbido de avisar ao responsável pelo laboratório sobre o horário reservado. Quando o pedido for de órgãos externos à Faculdade, o mesmo será analisado e deliberado pela Direção ou Administração da Faculdade.
A fim de garantir um bom atendimento aos usuários, a integridade do sistema e equipamentos, um ambiente adequado e propício ao desenvolvimento das atividades acadêmicas de pesquisas, seus responsáveis reservam-se o direito de:

1) Vistoriar arquivos dos usuários gravados, de forma a garantir os dados neles contidos;
2) Não se responsabilizar por objetos pessoais deixados no Laboratório – os mesmos serão encaminhados à Biblioteca.
3) Suspender o acesso de usuários que infrinjam as normas constantes neste documento;
4) Bloquear o uso do computador, caso este não esteja sendo utilizado para fins acadêmicos.
5) No sábado é feita uma limpeza de todos os arquivos dos computadores, com a intenção de evitar vírus e erros no sistema.

Normas de Procedimentos

1. O Laboratório de Informática só poderá ser utilizado para fins acadêmicos;
2. É de responsabilidade do funcionário, manter a disciplina e a ordem no Laboratório de Informática, estando o mesmo sendo utilizado para aula ou não;
3. Qualquer conduta indevida deve ser comunicada ao Responsável pelo Setor. A resolução do problema será em conjunto com a Direção da Faculdade;
4. O funcionário do Laboratório poderá requisitar às pessoas, caso seja necessário, aguardar em fila em área externa ao laboratório;
5. Não será permitida a entrada de comida e/ou bebida no recinto do Laboratório;
6. Caso o usuário abandone a sala por mais de 10 minutos, o funcionário deve liberar o posto para outro usuário;
7. Os arquivos criados devem ser copiados para seu pen driver pessoal e/ou enviados para o seu e-mail. Observando-se que os arquivos deixado no computador pode ser alterado e apagado por qualquer usuário e também na manutenção dos micros. Portanto evite deixar arquivos importantes.

8. Os usuários e a equipe do Laboratório devem preservar o silêncio na sala para que esta se configure em um ambiente de estudo;
9. O pessoal técnico de suporte do Laboratório deverá desempenhar todas as funções de atendimento e apoio aos usuários.

Fica Proibido em Âmbito do Laboratório

1) Fazer transferências de arquivos muito grandes;
2) Usar software ou sites de jogos;
3) Utilizar salas de bate-papo, ICQ, MSN Messenger e outros semelhantes;
4) Fazer consultas a sites de conteúdo adulto (pornográfico);
5) Desenvolver e disseminar vírus de computador nos equipamentos do Laboratório de Informática;
6) Abrir máquinas ou periféricos;
7) Rodar programas com intenção de “travar” o sistema;
8) Consertar os equipamentos;
9) Desorganizar o Laboratório;
10) Reconfigurar qualquer máquina / equipamento (microcomputador, impressora, etc.);
11) Utilizar os equipamentos para fins pessoais, ou qualquer outro tipo de atividade incompatível com as tarefas acadêmicas;
12) Utilizar indevidamente o correio eletrônico, por exemplo, assumindo a identidade de outra pessoa, enviando mensagens anônimas;
13) Usar vocabulário de baixo calão;
14) Tornar público conteúdo de correspondências eletrônicas particulares sem autorização;
17) Criar e/ou utilizar programas que tenham o objetivo de obter senhas de outros usuários;
18) Fumar dentro do Laboratório;
19) Ingerir qualquer tipo de alimento dentro do laboratório;
20) Instalar softwares nos equipamentos, sem a prévia autorização da administração do Laboratório;
21) Retirar qualquer material ou equipamento do Laboratório sem autorização prévia do Responsável pelo Setor.

Compete ao Funcionário

1) Dar suporte técnico aos professores e alunos no desenvolvimento das atividades acadêmicas e pedagógicas que necessitem dos recursos do Laboratório de Informática;
2) Supervisionar e controlar o comportamento dos usuários e utilização dos equipamentos;
3) Promover a otimização no uso dos microcomputadores do Laboratório de Informática;
4) Zelar pela conservação e manutenção dos equipamentos do Laboratório de Informática.

Deveres do Usuário

1) Respeitar o regulamento do Laboratório de Informática;
2) Prezar pelo bom uso e conservação dos equipamentos e móveis disponíveis no Laboratório de Informática;
3) Conferir o horário de aula e de funcionamento afixados na porta do laboratório;
4) Respeitar os horários disponíveis e as reservas realizadas previamente por professores;
5) Efetuar logoff e deixar o computador ligado, mesas e cadeiras devidamente arrumadas, quando do término de aula em meio aos turnos de atividades;
6) Manter o silêncio e o bom ambiente de trabalho / estudo;
7) Salvar arquivos de maneira correta para evitar problemas, como perda dos dados;
8) Comunicar ao responsável pelo Laboratório sobre problemas e dificuldades enfrentadas no mesmo.

Direitos do Usuário

1) Ter acesso aos recursos computacionais existentes no Laboratório para a concretização de suas atividades acadêmicas;
2) Ter orientação e instrução sobre a utilização dos recursos informáticos, tanto do funcionário do Laboratório como dos Professores;
3) Ter acesso à Internet para realizar pesquisas, acessar arquivos de apostilas e bases de dados que embasem ou complementem seus estudos e práticas;
4) Elaborar trabalhos diretamente relacionados às disciplinas e/ou projetos de pesquisa da Faculdade;
5) Enviar e receber mensagens eletrônicas desde que com conteúdos relacionados às atividades acadêmicas;

Atenção

Além das normas anteriores, ficam os usuários sujeitos, ainda, às penalidades das Leis que regem o uso da Internet.

Ao reincidente em faltas enumeradas em quaisquer dos itens deste Regulamento, poderão ser aplicadas penas de maior gravidade segundo apreciação da Diretoria da Faculdade.

Qualquer situação não prevista neste regulamento será considerada exceção e será tratada de modo particular, sendo que não haverá precedentes para nenhum dos casos.

Horários:

Segunda a sexta-feira – das 13h às 22h.
Sábado – das 09h às 13h.